Inverno pede uma comida mais acolhedora, com mais sustância e suculência, não é verdade?! Apesar dos cariocas não sentirem os termômetros marcarem muito menos do que 20ºC, é super comum para essa época darmos preferência a pratos mais ricos e de sabores marcantes. Por isso, selecionamos algumas opções de massas e molhos deliciosos, e ainda dicas de vinhos para harmonizar no friozinho do carioca.

Para o toque único em casa massa, há sempre um molho que casa perfeitamente.

Massas e molhos para combinar

Para o toque único em cada massa, há sempre um molho que casa perfeitamente: vermelho, branco, com frutos do mar, com carnes entre outros. O Expert Piero Cagnin, responsável pela spaghetteria, fala um pouco sobre as massas e molhos que você encontra disponíveis para Take Away no Zona Sul. Os três molhos podem ser escolhidos pelos clientes para combinar com um dos 5 formatos de massa disponíveis: spaghetti, tagliatelle, penne, penne integral e gnocchi. Piero garante que esses molhos irão aquecer os cariocas de coração.

“Dos cinco molhos disponíveis para os clientes, os que mais tem a cara do inverno carioca são sem sombra de dúvida o clássico molho a bolonhesa presente desde o começo das operações, assim como o cremoso molho dois queijos. Além desses molhos “evergreen”, sinalizo o molho sazonal Toscana, feito com linguiça fresca, tomatinhos, sementes de erva doce e azeitonas”.

Tagliatelle e Spaghetti para consumo local Zona Sul.

Encontre a alma gêmea da sua massa

Toda massa pode ter seu vinho “alma gêmea” que realça o sabor da receita e faz que seja uma verdadeira experiência. Nosso Expert em vinhos, Dionísio Chaves indica qual rótulo vai bem com a sua escolha.

Branco e tinto para massa dois queijos

Para esta massa podemos harmonizar com um branco com boa estrutura e frescor. A acidez será fundamental para limpar a boca diante da gordura e untuosidade dos queijos. Outra opção seria utilizar um tinto de médio corpo com boa acidez e taninos equilibrados. Vinhos indicados: vinho branco chileno Veramonte Reserva Chardonnay e tinto Francês Alain Corcia Bourgogne Gamay.

Molho toscana

Devido à gordura da linguiça e da azeitona e aromas e persistência de boca da erva doce, ideal um tinto de bom corpo com taninos presentes, como o tinto italiano Cipresse Del Casato Chianti Classico.

Massa bolonhesa

Um vinho tinto de médio corpo fica perfeito para balancear com a estrutura média do prato. Experimente o tinto argentino Doña Paula Blue Edition Velvet Blend Estate.

Receita

Capriche no menu com esta receita de Taglietelle com linguiça, brócolis e cogumelos, pelo Expert Piero Cagnin. #vamoscozinharjuntos!

Tagliatelle com linguiça e brócolis, por Piero Cagnin

Capriche na sua combinação e aproveite o inverno!