Você já ouviu falar ou já provou nirá, também conhecido como cebolinha japonesa ou alho japonês? Esse vegetal de sabor inconfundível, com sabor que lembra alho, alho-poró e cebolinha tem conquistado cada vez mais paladares. Muito comum na culinária oriental, esse alimento vai bem em diversos pratos, além de fazer muito bem à saúde.

Conheça mais sobre este vegetal extremamente versátil que pode fazer parte do seu cardápio!

Nirá: da Ásia para o mundo

O nirá (Allium tuberosum) é um vegetal originário do Sudeste Asiático, pertencente à família das Aliáceas, a mesma da cebola, do alho, alho-poró e cebolinha.

Possui talos fortes e longos, de cor verde. Suas folhas têm um sabor intenso e característico de alho. Também possui um caule arredondado e crocante, de onde saem suas flores, chamado de Hanánirá, termo que em português quer dizer “broto de alho com flor”.

A culinária japonesa e a cozinha asiática em geral não vivem sem o Nirá!

Carlos Ohata, Expert Zona Sul em peixes e frutos do mar

No Brasil, é possível encontrar nirá em supermercados, feiras de rua, mercadões e em várias lojas orientais. Além disso, muitos cultivam o nirá em casa, em vasos médios e grandes, sem que haja a necessidade de quintal e espaço.  

Benefícios

Sabia que o nirá, além de ser uma delícia e combinar com diversos pratos, faz muito bem à saúde? Em primeiro lugar, por ser uma planta rica em fibras, é ideal para quem está de dieta, pois traz saciedade e ajuda na regulação do intestino.

Além disso, a planta ajuda a regular a pressão alta e atua como cicatrizante de de úlceras gástricas. Confira a seguir mais alguns benefícios:

  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Tem ação antisséptica e detox;
  • É fonte de ferro, cálcio, zinco e fósforo;
  • É rica em vitamina A e vitamina C;
  • Auxilia na prevenção de gripes e resfriados;
  • É rica em proteínas;
  • Suas folhas, quando amassadas, ajudam a cicatrizar ferimentos e a tratar queimaduras;
Nirá, infográfico por Zona Sul.

Dicas de consumo

Em primeiro lugar, utiliza-se toda a planta na gastronomia, ou seja, nada é desperdiçado. Além disso, o alho japonês é um alimento altamente versátil e, por isso, pode ser consumido cozido ou cru, como tempero, para realçar o sabor dos alimentos ou como ingrediente principal.

O nirá é muito utilizado em diversos pratos, como nos mais conhecidos e apreciados tempurás (empanados) e dumplings (pastéis no vapor de diversos formatos). Também muito usado salteado só com molho shoyu e saquê com óleo de gergelim.

No Brasil, é comum o uso em saladas, sopas, caldos, omeletes e muito mais! Em geral, pode-se utilizar o vegetal da mesma forma que a cebolinha e o alho, ou seja, em feijões, carnes, frango, peixe, arroz etc.

Uma dica é esta receita de lula grelhada, com cogumelos e purê de batata baroa, na qual o nirá entra perfeitamente como ingrediente.

Lula Grelhada, recheada com mix de cogumelos e purê de Baroa (com nirá!). Que tal aprender a receita?

Enfim, agora que você sabe mais sobre esse delicioso e nutritivo alimento, é só usar a imaginação e consumi-lo em seus pratos prediletos. Com o inverno se aproximando, a dica é consumir nirá com caldos.

Entretanto, por ser uma planta sensível ao calor, recomenda-se que o nirá seja colocado somente ao final da preparação, dando um toque especial na receita.