Doces ou travessuras? Como você vai celebrar o dia das bruxas no último dia de outubro? A festa, apesar do nome em inglês, atualmente já faz parte do nosso calendário e merece um jeitinho carioca especial de comemoração. Quer umas dicas para passar um Halloween assustadoramente delicioso, seja com as crianças ou num happy hour com os amigos? Chega mais!

Aqui você vai encontrar:

De onde veio o Halloween?

O Halloween é uma festa nascida no Reino Unido. Como uma redução de “All Hallows’ Eve” (hallow – santo e eve – véspera), a festa antecedia o Dia de Todos os Santos, celebrado em 1º de novembro.

Tudo começou com os celtas e sua relação com o dia 1º de novembro, o Dia de Todos os Santos. A data tem um grande valor espiritual e representa a positividade, por ser uma data que celebra os feitos de mártires e personagens cristãos que foram canonizados ou não.

Pode não parecer, mas o Halloween tem sua origem na positividade e na celebração do dia posterior a ele, o Dia de Todos os Santos.

Por temerem que os demônios tentassem prejudicar a celebração da data especial, os celtas espalhavam na véspera (31 de outubro) figuras bizarras em suas propriedades para espantar os maus espíritos, que assim, desistiriam de sabotar o Dia de Todos os Santos. Por isso “hallow” (santos) e “eve” (véspera), os termos que dão origem ao Halloween.

Com o passar do tempo, o Halloween, devido ao seu contexto espiritual, começou a ser associado também a bruxas, durante o período da Inquisição e, de carona no tema, foi incorporando o mundo dos mortos no tema, literalmente.

No Brasil, existe muita divergência sobre a introdução do Halloween no calendário de festividades nacional. Por isso, no intuito de valorizar o folclore nacional, o dia 31 de outubro é oficialmente o Dia do Saci, de acordo com a lei nº 2.762/2003.

Dia 31 de outubro também Dia do Saci, nosso personagem mais travesso do folclore.

Fantasias e abóboras

Ao chegarem na América do Norte, os irlandeses (o antigo povo celta) trouxeram alguns costumes na bagagem do Halloween, e algumas tradições como vestir fantasias e customizar abóboras começaram a se espalhar pela América.

Dizem as histórias que as fantasias servem para que ninguém seja reconhecido pelos maus espíritos, e a abóbora esculpida com uma face humana e com uma lanterna dentro remete ao conto de Jack, um personagem que foi rejeitado pelos céus e pelo inferno por ter traído tanto o bem quanto o mal. Por este motivo, o item de decoração leguminoso é chamado de Jack-o’-lantern nos países de língua inglesa.

Doces ou travessuras

Os costumes das fantasias foram muito bem recebidos pelo público infantil e a tradição de pedir doces nas casas da vizinhança, o famoso trick or treat (doces ou travessuras) é uma deliciosa “desculpa” para comer guloseimas no Halloween.

No Brasil, o costume de pegar doces na vizinhança acontece também no dia 27 de setembro, o Dia de São Cosme e São Damião.

Além dos clássicos doces típicos, como chocolates e marshmallows, atualmente, os confeitos ganharam formas temáticas, com balas bem sangrentas e assustadoras. Além de refrigerantes e outros itens alimentícios que adoram se aventurar pelo mundo sobrenatural, como a Fanta Mistério.

Para entreter os pequenos, a dica é caprichar no cineminha, com filmes de terror infantil como “A Noiva Cadáver” ou o clássico “O estranho mundo de Jack”, ambos de Tim Burton. Ou ainda o mais recente remake da clássica Famíla Addams, de 2019.

Prepare sua abóbora de Halloween

Para fazer uma típica Jack-o’-lantern você vai precisar de uma abóbora inteira bem limpa e sequinha para fazer os cortes com o formato de olhos e boca. Escolha uma bem bonita para fazer o aproveitamento integral do seu alimento e utilizar a polpa para fazer receitas com abóbora depois!

  1. Lave sua abóbora e faça um corte na parte superior, fazendo uma “tampa”;
  2. Raspe toda a polpa e reserve á parte para usar numa receita deliciosa;
  3. Marque com uma caneta os desenhos dos olhos e boca na casca;
  4. Utilize uma faca bem afiada para cortar os desenhos com cuidado;
  5. Coloque uma vela acesa dentro da sua abobóra bem sequinha por dentro e feche com a tampa.

Receitas com abóbora

Você já sabe que a gente adora um aproveitamento de alimentos e detesta jogar comida fora, não é mesmo? Por isso, pode comprar quantas abóboras você quiser pra enfeitar seu dia das bruxas, porque não falta receita gostosa pra sua festa! Confira:

Abóbora ou moranga? A moranga caracteriza-se pelo fruto achatado e redondo, com gomos salientes. Para diferenciá-la da abóbora, o cabinho do fruto. A moranga tem o cabinho liso, sem sulcos, grosso, enquanto a abóbora tem pedúnculo sulcado, alargado e achatado.

Fonte: Embrapa
Tipos de abóbora. Por Zona Sul.

Quibe de abóbora com quinoa, por Lorena Abreu

Chama as crianças pra festa porque além de gostosa, a comida vai ser saudável! A Expert em Cozinha Saudável Lorena Abreu ensina uma receita de quibe vegetariano que vai deixar todo mundo desejando celebrar o Halloween mais vezes no ano. Aperte o play:

Quibe de abóbora com ricota

Girasoli recheado de abóbora Bertagni

Na verdade, essa receita é a mais fácil de todas, pois o girasoli de abóbora Bertagni já vem pronto para cozimento. Para fazer o prato na medida certa pra você e sua família, amigos ou convidados, a dica é comprar as massas Bertagni a granel no Zona Sul mais perto de você.

Modo de preparo

Em um recipiente grande ferva 2 litros de água levemente salgada. Abra a embalagem e adicione a massa aos poucos na água. Deixe cozinhar por 4 a 5 minutos em fogo alto. Sirva imediatamente e coloque manteiga, azeite de oliva extravirgem ou seu molho preferido. Acrescente queijo parmesão ralado.


Doce de abóbora por Bia Souza

A Chef Zona Sul Bia Souza sabe como ninguém que a gastronomia também mora na nossa memória. Por isso, a Chef ensina uma receita que lembra os tempos de infância: um doce de abóbora artesanal e cremoso!

Ingredientes

  • 1kg de abóbora em cubinhos Quasi Pronto (preferência para abóbora seca ou pescoço. São mais adocicadas com textura fibrosa)
  • 500g açúcar refinado
  • 150mL de água
  • 200g de coco ralado fresco (pode ser desidratado)
  • 2 ramas de canela
  • 5 cravos da Índia

Modo de preparo

Coloque em uma panela o açúcar e a água e mexa até dissolver. Leve ao fogo baixo e deixe a calda ferver. Em seguida, adicione a abóbora, a canela e o cravo e deixe cozinhar na calda em fogo baixo, até ela desmanchar. Por fim, coloque o coco ralado e deixe o doce dar ponto (desgrudar da panela) ou até que a calda seque e o doce fique cremoso.


Halloween para brindar

Neste ano, o dia 31 de outubro cai em pleno domingo, então não precisa se preocupar em esperar o fim do expediente para celebrar a noite mais macabra do ano no happy hour. Diversifique nos drinks, mas nada de exageros, senão o fantasma da ressaca pode te pegar.

Bloody Mary

Não tem como pensar em uma data como essas e não lembrar do “contemporâneo clássico”, como entitula a Associação Internacional de Bartenders (IBA), o coquetel Bloody Mary. Afinal bloody quer dizer “sangrento” em inglês. Anote a receita do mixologista responsável pelo Bar do Rio, Claudio Adriano;

Ingredientes

● Vodca: 50 mL
● Suco de tomate: 120 mL
● Suco de limão: 20 mL
● Sal, pimenta do reino e molho inglês: a gosto

Cerveja Hocus Pocus

Se você prefere uma opção mais refrescante para seu Halloween Carioca, aposte nas cervejas Hocus Pocus. Com o quê de mistério ideal para a data, o nome Hocus Pocus é inspirado no termo utilizados pelo ilusionistas no século XIV, a famosa “palavra mágica”.

A Hocus Pocus é uma cervejaria artesanal bem carioca e já ganhou vários prêmios, tanto pelo sabor e qualidade das cervejas quanto pelos rótulos criativos e divertidos.

Para uma festa completa

Espante as bruxas do desânimo e comece já a preparar sua programação para o Dia das Bruxas mais carioca de todos! Confira a lista completa de ingredientes para seu Halloween, peça pelo site ou app, pelo WhatsApp ou dê uma passadinha no Zona Sul mais perto de você! Um assombroso e delicioso Halloween pra você!