O Brasil é o paraíso gastronômico para quem curte diversidade. Uma dessas comidas brasileiras adoradas é a moqueca, considerada o prato típico mais querido, segundo o Ministério do Turismo. Mas será que moqueca é tudo igual? E qual é o segredo do preparo de uma moqueca perfeita? Venha descobrir com nossos Experts e Chefs!

Neste post, você verá que é possível, sim, fazer uma moqueca perfeita em casa, graças a todos os segredos de preparo que serão revelados pelo Expert Carlos Ohata, com toques regionais do chef Roberto Neves e com uma receita da chef Lorena Abreu.

Então, já vai se preparando para pôr a mão na massa, ou melhor, no peixe! Bom apetite.

Moqueca: sabor brasileiro em toda sua diversidade

Quando os turistas vão ao Espirito Santo e à Bahia, já vão atrás de lugares para comer uma boa moqueca. Afinal de contas, gastronomia faz parte da cultura, da história, da essência do lugar. Como grande parte dos pratos presentes na culinária nacional, não se sabe com exatidão sua origem.

De certa forma, podemos dizer que a moqueca é um presente dos indígenas para nós. Segundo o livro “História da Alimentação do Brasil”, de Luís da Câmara Cascudo, no passado, os índios assavam peixe envolto em folhas, chamando a comida de “pokeka”.

Independentemente do seu “berço”, pode-se provar tanto a versão baiana quanto a mineira de olhos fechados: moqueca tem aroma, sabor e cor do jeito que o brasileiro gosta!

Moqueca com o sabor do norte e nordeste

Entretanto, é preciso ressaltar que não é só na Bahia e Espírito Santo que tem moqueca.

No Norte, por exemplo, especialmente no Pará, segundo o Chef Roberto Neves, para uma boa moqueca, utiliza-se um toque de leite de coco, muitas vezes de babaçu, palmeira muito presente nas regiões norte e nordeste do Brasil.

Além disso, podem ser usados peixes como pescada amarela, branca, camarão regional e o pirarucu, o bacalhau brasileiro. Para temperar, a erva de jambu, famosa por dar aquela leve dormência na boca. Recursos e riquezas com os sabores do Brasil. A variação de ingredientes é grande!

Hoje em dia, dá pra encontrar até moqueca vegetariana com ingredientes como banana, batatas, palmito e outros vegetais.

Faça seu próprio leite de coco

Para uma moqueca 100% feita em casa, você pode fazer o seu próprio leite de coco. Assim como na obtenção do leite vegetal de amêndoas ou castanha, no caso do leite de coco, basta obter a polpa do fruto seco, cortar em pedaços ou ralar, misturar no liquidificador com água morna e coar em um pano de prato bem limpo ou em coador de voal, específico para este tipo de preparo.

Gosta de coco? Aproveite a polpa do coco seco para preparar o seu leite vegetal. Pode ser usado como ingrediente em receitas ou serve para beber puro no café da manhã ou no lanche.

Em algumas receitas tradicionais de moqueca baiana, espremia-se diretamente a polpa do coco em um pano para obter um caldo bem grosso a fim de se misturar ao caldo do peixe na receita, como pode ser visto em depoimentos da série “História da Alimentação no Brasil“, baseada em livro homônimo.

Dicas do Expert para uma moqueca perfeita

Enfim, agora é hora de ir pra cozinhar e caprichar na moqueca caseira! Pra ajudar, leia com atenção e anote as dicas preciosas do Expert Carlos Ohata, especialista em peixes e frutos do mar.

  • Sempre use peixe e ingredientes frescos. Essa dica é essencial para o sucesso do prato;
  • o Robalo é um peixe excelente para moquecas, mas pode ser também algum peixe branco de carne mais firme como a garoupa, badejo, cherne e até pirarucu;
  • Na moqueca capixaba, não se usa leite de coco, azeite de dendê, pimenta e nem pimentões, pois usam urucum para avermelhar a moqueca. O lado baiano dá mais ênfase na mistura de vários sabores, e no lado capixaba, mais no próprio sabor do peixe!
  • Um dos pontos principais em ambos estilos é o cozimento em panela de barro para que a moqueca chegue à mesa ainda borbulhando;
  • Para harmonização, a dica é usar vinho branco ou verde. A acidez dessas bebidas vão superbem com pratos mais condimentados!

Bônus: moqueca de pirarucu com banana da terra

A moqueca já é um prato genuinamente e deliciosamente brasileiro. Agora, uma moqueca de pirarucu, o peixe considerado o bacalhau amazonense, é 200% nacional! Que tal trazer os sabores do Brasil para a mesa e servir até 6 pessoas com esta receita verde e amarela, criada pela chef Lorena Abreu? Veja aqui a receita completa para esta moqueca irresistível e depois escolha uma cerveja perfeita para harmonizar.

Agora, o estômago já chega a roncar! Então antes de qualquer coisa, compre todos os ingredientes da sua moqueca e capriche. Não precisa nem ter trabalho: basta acessar o site ou novo app e fazer seu pedido!